terça-feira, 29 de maio de 2007

Velhice

Hoje lembrei-me de falar da Velhice
Lembro-me de em tempo ter lido algures que a velhice era como uma conta bancária.
E é. Ora vejamos.
Vamos dia a dia fazendo a nossa poupança de vida.
Colhendo momentos de alegria, de tristeza, de sabedoria.
Umas "contas" ficam mais recheadas de coisas boas outras nem tanto.
Mas o que interessa é que a conta não fique negativa.
Por isso minhas amigas toca a começar a olhar com mais atenção para esta "conta da vida"
Vamos fazer muitos depósitos de alegria
Transferir as tristezas
Levantar os desgostos
Desfazermo-nos dos certificados das doenças
Armazenar Amigos
Toca a investir, não importa a idade que tenhas, pensa é nas oportunidades que não deves perder.
Vamos ter muito orgulho nesta conta
Tu és o único que podes investir, a conta é Singular...

2 comentários:

... o lugar que eu sou disse...

Espero que o teu extracto de vida seja longo...!

Calimera disse...

E que o teu seja em dobro do meu