sábado, 19 de maio de 2007

Espelho meu


Pois é, hoje decidi ir ao cabeleireiro, não é que seja um passatempo favorito, mas de vez em quando lá tem de ser.
Não gosto, acho uma perda de tempo. Espera-se, desespera-se, falam de tudo menos do que interessa:
Oh krida estás com as unhas numa miséria, que andaste a fazer?.... Ai hoje venho arranjar o cabelo porque o meu marido logo à noite vai levar lá os colegas do trabalho....Ontem estive com uma dor de cabeça terrível!!! Ai nem me fales que eu tenho andado com uma dor de dentes horrorosa.....bleck...bleck......Para a próxima levo tampões nos ouvidos.
Finalmente chega a nossa vez e sentimo-nos o centro das atenções, primeiro porque quando nos levantamos para ir para a cadeira, todas olham. Depois é um zum, zum, entre as"madames" e finalmente a cabeleireira é toda cheia de atenções, coisa que até àquela altura nem tinha percebido que lá estava. Então começa:
A senhora está boa? Já nem me lembrava de a ver. Então hoje o que vai fazer? o cabelo está mesmo a precisar de uma arranjadela!!! mas a senhora está com muito bom aspecto!!!
Socorro..... arranjem-me lá o cabelo.... que sufoco.
O que vale é que quando saímos sentimos que todo esse esforço, sacrifício até que valeu a pena.
Hoje estou bonita :)

2 comentários:

... o lugar que eu sou disse...

És linda sempre... e modesta!

Existências disse...

Já é bonita porque tem um coração grande e isso é a coisa melhor do mundo!