terça-feira, 22 de maio de 2007

Não me acordes



Não me acordes
A noite deita-se comigo
na fenda do tempo
Os dedos do luar
penteando os cabelos do sonho
Oh, meu amor
podes passar pelo meu sonho
podes ficar no meu sonho
mas não me acordes!!!
(Yao Jingming)

2 comentários:

Lugares comuns disse...

Chiuuuuuuu! Não se faz barulho...

Existências disse...

ja não sei o que é dormir assim há algum tempo