quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Tentada

Estou tentada a fazer uma coisa destas, ehehehehe.....
Com este friinho até que deve saber bem.

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Dai-me sossego......

PAREEEEEM... Preciso de sossego
choque tecnológico...
novas tecnologias...
novos sistemas informáticos mais sofisticados e eficientes(?)...
e só me pedem para conferir o que o sistema calcula....
Conferir, conferir, conferir
Basta, passou 1 ano e a luz ao fundo do túnel cada vez é mais negra. Só met'água

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Queria....

Poder Voar....
Voar bem alto...
Ver o mundo lá de cima....
Aterrar....
E voltar a voar...
Fazer pontaria....
Sujar alguém....
Aterrar....
E voltar a voar...
Cantar....
Abrir as asas....
E voar....
E por fim....
Aterrar...
Sacudir-me...
para voltar a voar.

domingo, 23 de novembro de 2008

Meta 4



Estou a dar em doida com o Meta 4.........rssssssrssssss.
HEEELLLLLLPPPPPPPPPPP
Já lá vão 11 meses e não funciona.
Quero pagar... não paga
Não quero pagar... paga
A regra... ele desregra
Comento... ele descomenta
Insiro... dá erro
corrigo... descorrige para trás
NÃO HÁ CONDIÇÃO.... ASSIM NÃO DÁ MAIS

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

É o que sai....


Há pessoas que quando falam só consigo lembrar-me da falta que faz o papel higénico....

domingo, 9 de novembro de 2008

terça-feira, 7 de outubro de 2008

Na divisão podemos chegar à multiplicação...

Pois há dias assim, muitas coisas para fazer, muitas solicitações, estar em diferentes sitios à mesma hora, enfim um dia daqueles. Mas quando tenho de me dividir e consigo fazer tudo o que tinha planeado e com sucesso penso .......dividi-me, mas multipliquei-me...

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Palavras.... Leva-as o vento



Segui-te... Por vezes empurras-me por vezes levas-me
Sei que estás junto a mim, mas não te vejo
Fazes te sentir, mas não gosto.... incomodas
Vens ao meu encontro, és teimoso e não desistes
Sussurras-me ao ouvido... não te quero ouvir
Aquilo que quero tu não me dás
Escondo-me entre 4 paredes para não me encontrares
Por fim quando ficas sereno
Aí sim... gosto de ti
De sentir o cheiro que trazes
Deixo-te acariciar a minha pele
És livre e mesmo que não queira sou tua

São palavras, palavras soltas, saídas do nada
Só espero que o vento não as leve.....

domingo, 14 de setembro de 2008

Será que fico mal?


Há dias em que acordamos bem mal. E hoje foi um desses dias. Só me apetece estar escondida, caladinha e que o dia puf.... Mau, mau é que se o dia passa rápido amanhã já é dia de trabuca. rssssss.
Mas acho mesmo que vou ficar assim por hoje

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

domingo, 7 de setembro de 2008

PRUCURA-SE


BOM DIA

Digam lá que as sapatilhas não são giras.... ehehe. Esta é daquelas fotos que tiramos sem dar conta, pena não estar mais nitida....Mas aqui fica o registo.

Obrigada a todos quantos por aqui passam e em especial aos que deixam ficar a marca da sua passagem.

segunda-feira, 16 de junho de 2008

A vida é dura!!!!!



A vida é mesmo assim.

Quero ter tempo para tudo e não tenho tempo para nada.

Quando paro e digo é hoje, lá aparece qualquer coisa para mudar os planos.

Se não é o trabalho é a vida em si. A vida realmente é muito diferente do tempo dos meus Pais.

Não há tempo para nada.

Lamento é quando paro e percebo as coisas que deixei de fazer e já não vou a tempo para reparar.

Enfim, esta é a vida que temos e só nos resta fazer com que a dos nossos filhos ainda não seja pior.

Lutemos para isso não acontecer.

Desculpem a minha ausência, essencialmente nos vossos cantinhos.....

sábado, 26 de abril de 2008

Ir e Vir

Esteve chuva e não fui
Pensei, pensei, mas o tempo não ajudou
Veio o sol, não posso ir
Tentei, tentei, mas o calor não me deixou
Se está chuva molhamos os pés
Se está sol queimamos a pele
Raios!!! quero ir e não consigo
Quero ficar e tenho de ir

Estes sentidos diferentes da vida por vezes baralham-nos…..

sábado, 12 de abril de 2008

E se alguém lhe der flores?


O tempo é algo que não volta atrás.
Por isso plante seu jardim e decore sua alma,
Ao invés de esperar que alguém lhe traga flores ...
William Shakespeare

quinta-feira, 3 de abril de 2008

Bom dia



Bom dia

Sem dúvida que hoje essa foi a realidade, acordamos com um verdadeiro dia de verão.

É fantástico estar atento e reparar como a movimentação, a disposição das pessoas muda significativamente. As expressões faciais ficam mais radiantes, a roupa mais leve, enfim um dia diferente dos que passaram.

No que toca ao tempo posso dizer que foi gratificante. Pena é que não venha para ficar.
O dia foi cheio de cor e sabor, um verdadeiro arco iris, por isso escolhi a imagem acima:
Amarelo - pelo Sol
Laranja - pelo calor
Verde - pelo surgimento das primeiras folhinhas nas árvores
Azul - pelo céu
Violeta - pelos raios solares
Enfim imaginem e sintam o que quiserem.

Parece que amanhã ainda assim será, portanto toca a aproveitar e guardar numa caixinha um bocadinho deste sol e calor para os dias menos bons que ainda virão.

sexta-feira, 28 de março de 2008

Fez-se Sol


Ao som dos meus passos
vou sentindo a chuva cair
Penso, repenso
E os meus passos querem encontrar-te
Quero ver o Sol nascer

Continuo estrada fora
E tu onde estás?
Não te encontro, mas sinto-te
Quero sentir o calor do Sol

Consegui, encontrei-te
Vejo um raio de luz
Sinto o calor no meu corpo

Fez-se Sol

quinta-feira, 27 de março de 2008

A,B,C.... 1, 2, 3 - Um Novo Desafio


Pois é hoje não podia deixar a minha página sem registo.
O meu marido resolveu em tempo aderir às novas oportunidades e assim enriquecer um pouco mais, pois tinha umas cadeiras de 10º e outras d0 11º por acabar.
Começou já há uns dias atrás e pelo que me vou apercebendo, ele que no inicio até não era muito a favor, está realmente muito empenhado. O empenho é de tal ordem que me andou a picar para eu também aderir.
Ora eu tenho o antigo 7º ano liceal e que pensava estar equiparado ao 12º ano, mas não, existe um Decr. Lei que efectivamente dá essa equiparação a alunos que terminaram em x ano. Eu terminei passados 1 ou 2 anos pelo que tal não me é reconhecido. Fiquei um pouco desiludida pois não esperava tal discriminação.
Um dos dias em que ele me falava das "reuniões" eu disse-lhe´:
"não me dão a bem dão-me a mal" inscreve-me!!!!
E pronto chegou o 1º dia em que tive de me dirigir ao Centro.
Achei interessante o trabalho que temos de desenvolver, não achei interessante o meu percurso para chegar à Escola.... :), mas não podemos ter tudo o que queremos na vida.... A escola à porta de casa ou do emprego...
Vou ver se tenho tempo e arranjar mais um bocadinho da minha falha de tempo para dedicar a mim, também mereço :).
Vou fazer por partilhar este desafio ou pelo menos fica aqui gravado mais uma fase/etapa da minha vida.

sábado, 15 de março de 2008


Quero escrever palavras belas e simples
E no meio do meu papel branco, surge uma mancha
Encalhei e não consigo continuar
É uma mancha invisível, mas que me bloqueia
Sinto o que não sinto e não consigo escrever
Não percebo a mancha, nem sei a razão
Pela qual não continuo a querer escrever
Palavras belas e simples no meu papel branco.
Que mancha será esta que me inibe e me retrai.

terça-feira, 11 de março de 2008

Eu sou CONTRA o abuso das crianças

Hoje recebi este video e não pude ficar indiferente. Perdoem-me por tão triste post, mas infelizmente esta realidade existe pelo nosso País e pelo Mundo fora.

Tanto quanto me informaram isto foi um anúncio premiado internacionalmente, mas não passou na nossa TV, em Portugal. Porque será?
Vamos passar esta mensagem. Quem sabe ajudamos alguma(s) crianças
Fica aqui o poema da criança de 3 anos, 'Meu nome é Sara ', e depois, vejam o vídeo.....
O meu nome é ''Sara''
Tenho 3 anos
Os meus olhos estão inchados,
Não consigo ver.
Eu devo ser estúpida,
Eu devo ser má,
O que mais poderia pôr o meu pai em tal estado?
Eu gostaria de ser melhor,
Gostaria de ser menos feia.
Então, talvez a minha mãe me viesse sempre dar miminhos.
Eu não posso falar,
Eu não posso fazer asneiras,
Senão fico trancada todo o dia.
Quando eu acordo estou sozinha,
A casa está escura,
Os meus pais não estão em casa.
Quando a minha mãe chega,
Eu tento ser amável,
Senão eu talvez levaria
Uma chicotada à noite.
Não faças barulho!
Acabo de ouvir um carro,
O meu pai chega do bar do Carlos.
Ouço-o dizer palavrões.
Ele chama-me.
Eu aperto-me contra o muro.
Tento-me esconder dos seus olhos demoníacos.
Tenho tanto medo agora,
Começo a chorar.
Ele encontra-me a chorar,
Ele atira-me com palavras más,
Ele diz que a culpa é minha, que ele sofra no trabalho.
Ele esbofeteia-me e bate-me,
E berra comigo ainda mais,
Eu liberto-me finalmente e corro até à porta.
Ele já a trancou.
Eu enrolo-me toda em bola,
Ele agarra em mim e lança-me contra o muro.
Eu caio no chão com os meus ossos quase partidos,
E o meu dia continua com horríveis palavras...
'Eu lamento muito!', eu grito
Mas já é tarde de mais
O seu rosto tornou-se num ódio inimaginável.
O mal e as feridas mais e mais,
'Meu Deus por favor, tenha piedade!
Faz com que isto acabe por favor!'
E finalmente ele pára, e vai para a porta,
Enquanto eu fico deitada,
Imóvel no chão.
O meu nome é 'Sara'
Tenho 3 anos,
Esta noite o meu pai *matou-me*.

video

segunda-feira, 3 de março de 2008

Frases fantásticas


Há certas frases que acho fantásticas e quando as ouço ou leio gosto de as guardar. Por vezes só com meia duzinha de palavras se diz mais que um valente discurso. Curtas e boas :)
Pior que não ter nada para vestir,
É não ter ninguém para despir
Ora digam lá que não assenta que nem uma luva :)

sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

Bisbilhotice


Um destes dias dei comigo a pensar em como todos nós, uns mais que outros, somos curiosos, bisbilhoteiros.
Sim é verdade não esteja a dizer "Ah eu não sou". Todos nós gostamos de um bom "caldinho" ou no trabalho, no prédio, ou no café, Podemos até não partilhar com ninguém o certo é que tomamos atenção aos outros. Pois esta é a parte fácil .....Podemos não nos meter na vida dos outros, mas somos curiosos quanto à vida do alheio.
É tão fácil criticar, falar dos outros, mas será que custa muito olhar para nós e corrigirmos a nossa vida e ajudarmos os outros em vez de ser cusca?

Conforme dizia um amigo meu :) dos tempos da escola (Aristoteles)

"O nosso carácter é o resultado da nossa conduta."

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

CHIGUEI :) :)


Olá Amigos
Estou aqui, bem de saúde, com saudades deste cantinho e de cada um de vós.
Um pouco envergonhada, mas com muita vontade de começar.
Antes do meu pedido de desculpas agradeço de coração, a todos, os vossos comentários pois para mim cada um deles foi especial.
Bem e agora vou começar o meu relatório, a minha justificação, pois merecem e não me sentiria bem se vos desse um explicação da minha ausência.
No dia do meu ultimo post realmente estava muito aborrecida com algumas situações. Mas como tudo da na vida o que é agora daqui a pouco já não é :)
Certo é que tive fazer opções, tinha uma tarefa pela frente que me iria ocupar o tempo.
O blog não me ocupa muito tempo, mas compreendem concerteza que o que nos faz ocupar mais tempo é navegar pelos vossos e comentar.
Como vocês já devem ter tido oportunidade de perceber gosto de estar de bem com tudo, com a vida e neste canto gosto de me divertir. Quer alguém goste ou não.
Para passar a fazer do blog um sitio para descarregar as minhas frustações ou desânimos preferi fazer uma pausa.
Não me arrependo deste tempo de ausência pois assim se não tive tempo para algo, não me vou culpar por ter estado aqui 1hora ou 2.
E pronto andei numa roda vida com uma nova alteração de sistema a nivel profissional, afazeres pessoais, enfim....a minha vida.
Entretanto chegou o Natal, que quase nem o senti :) foi tudo muito rápido.
Na noite de passagem bem que levantei o pé direito, mas devia ter levado o pé ao tecto, pois passados 5 dias o cilindro de minha casa rebentou ---tive uma inundação !!!!!! enfim... não vou estar aqui a fazer choradinho :)
……. Resumindo e concluindo não foi uma entrada em grande, mas podia ser pior. Já passou.
Entretanto além dos meus quadros que tanto gosto de fazer, experimentei fazer também decoupage e lá me safei. Ehehehe agora são só caixas e caixinhas, velas e sabonetes... cá em casa :)
Virei-me também para a agricultura biológica :), um destes dias falo-vos melhor sobre mais este meu passatempo :)
Não vos prometo que vá ser muito assidua, mas vou pelo menos tentar postar qualquer coisinha e de vez em quando fazer-vos uma visitinha.
Espero que me compreendam.
Quem não me compreender…. Lamento só têm uma coisa a fazer.......por na beirinha do prato.
Obrigada a todos e uma vez mais desculpem por não vos ter dado uma palavrinha antes.
Beijos a todos

Contagem

E faltam cinco dias para fazer uma cirurgia. Conforme vai passando vou-vos revelando um pouco mais do que se irá passar, que nem eu sei ...