quarta-feira, 25 de julho de 2007

Para a Lugares Comuns

Super Beijo para ti de Saudades!!
A Existências está louca de tanta saudade....Ninguém a atura.

3 comentários:

Naeno disse...

INCLEMENTE

Quando penso,
Pedaços de sol caem sobre mim
Como um desastre ecológico
E eu conto e ninguém acredita
Que estes raios
Incidem só sobre mim,
Uma lembrança das manhãs
Das calamidades expostas,
Dos dentes a mostras
Dos bichos nos vales das estradas.
Quando eu me ponho a escutar
Ouço uma sinfonia de pássaros,
Sôfregos, confundíveis com os galhos
Farfalhos em minha boca
De morder a língua
Num jogo doido de mim comigo.
Lanço pedras na direção do dia,
E o sol desvia-se qual juriti no seu assento,
E nenhum gesto meu o afugenta,
O agourento despojo dele por todo o chão
E eu impotente sacudo os braços,
Pra ver caírem minhas mãos.

Um beijo

... o lugar que eu sou disse...

Olá!
Obrigado, agora são só uns diazinhos. Segunda-feira já estou de volta, para consolar a Existências!

Existências disse...

VOLTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!