quarta-feira, 29 de agosto de 2007

Conquistar


Falando eu com os meus botões enquanto fico na fila do trânsito para chegar a casa, sim, porque estas coisas dos aviões é giro, mas trás os seus inconvenientes.
Mas continuando, pois não vim falar dos aviões…
Relembrei alguns dos vossos comentários, os quais agradeço do coração, pois todos eles me fazem dizer no final ah.. pois… ou seja, todos eles me enriquecem.
Irra....continuando, não vim falar dos comentários …. :) Começo a escrever, penso que estou a falar com vocês e perco-me na conversa.
Recomeçando…
Estava eu na fila do trânsito e relembrei alguns dos vossos comentários, como as opiniões divergem, mas todas elas fazem sentido, têm significado, têm a sua razão.
O meu pensamento levou-me a vocês e tirei uma conclusão:
Com uma simples frase, palavra, gesto,atitude... foi suficiente para admirar e guardar no meu coração alguns de vós.
Souberam-me conquistar.
Ou seja, por vezes não é preciso muitos devaneios, loucuras.... para conquistar alguém
Agora espero conquistar também algum de vós. A cadeira está vazia.

14 comentários:

Umabel disse...

Aquela porta cheira-me a varanda... andas a torturar-me com varandas... olha onde fica essa cadeira?
Cum catano, um dia destes invento uma caça a varanda da CALIMERA! lOoL

Beijoca avarandada mas carinhosa

Mestre disse...

Adoro essa cadeira.
Principalmente me sentar nela para ler o que escreves.
Beijo terno...de Mestre

Margarida disse...

Linda imagem. De quem espera, aguarda... acho que muitas pessoas ocupam a tua cadeira, Calimera! :-)

Nanda Nascimento disse...

Se permitir, estarei sempre a sentar nesta cadeira, para usufruir cada palavra do que escreves!!
Abraços!!

M.Silva disse...

acho que deve continuar na sua cadeira...escrevendo esses belos textos para nos ajudar a queimar o tempo nesta passagem pela vida.

eu por cá.

Maria Papoila disse...

Minha querida, hoje, o meu comentário é este:

Estou farta de ter os aviões todo o dia a passar aqui por cima.
Não me concentro no que tenho a fazer e começa a irritar-me...

Quanto à tua cadeira, acho que é das mais confortáveis que por aqui existem...

sf disse...

Irei continuar a sentar-me na tua cadeira diariamente, para poder ler os teus interessantes textos...

Ninas disse...

já me conquistaste, minha querida :)


bjs

.:mÁrCiO:. disse...

Olá!
Como já deves ter percebido a algum tempo, foste uma daquelas pessoas (ou talvez blog), que já me conquistou à algum tempinho!
Nestas alturas são as alturas que mais me faltam as palavras, porque é uma altura que tento transpor em palavras aquilo que sinto e tenho cá dentro! E isso é bastante complicado.
No entanto, gosto de me sentir na cadeira, como quase todos os dias, mas não na primeira fila! Não gosto de dar nas vistas...
Um enorme abraço fechado

MH disse...

Epá!!!
Essa cadeira deve ser desconfortável :)

Estava aqui a pensar na palavra Calimera... Ai que vontade de rir :P

Borboleta disse...

Posso sentar-me? :D

gasolina disse...

Comprei um sofá para nós as duas. Queres experimentar?

Mas sabes o que é do melhor?

É que é extensível! Vai crescendo à medida da chegada dos amigos.

gasolina disse...

E aqui, imprescindível, porque gosto e porque quero:


BEIJOS!!!

Mateso disse...

É favor de se sentar...
Um bj.

Contagem

E faltam cinco dias para fazer uma cirurgia. Conforme vai passando vou-vos revelando um pouco mais do que se irá passar, que nem eu sei ...